Home
 
1º ENCONTRO DE DIRIGENTES DE TRÂNSITO E TRANSPORTE COLETIVO DO INTERIOR DE SÃO PAULO

Especialistas sugerem “mudança de comportamento” no trânsito em encontro realizado em Botucatu




Botucatu reuniu na última quarta-feira (20) especialistas e autoridades públicas na primeira edição do “Encontro de dirigentes de trânsito e transporte público do interior do Estado de São Paulo”. O evento reuniu no Primar Plaza Hotel mais de 50 pessoas de diversas cidades do Estado, com organização da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana. Na oportunidade, o termo “mudança de comportamento” foi um dos mais frequentes nas palestras e debates.

Dr. Dirceu Rodrigues Alves Júnior, médico e diretor de comunicação do Departamento de Medicina de Tráfego Ocupacional da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) abordou o assunto “Humanização do trânsito e transporte”. Ele apontou as principais causas de mortes no trânsito e afirmou que esse tipo de violência deve ter atenção redobrada da Justiça e Poder Público, além de uma maior conscientização por parte da população.

“Só em 2012, o DPVAT [Seguro Obrigatório de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres] liberou em todo País quase 500 mil indenizações a casos de sequelas e mortes causadas no trânsito. Um número absurdo. Então em curto prazo tem que haver fiscalização e punição, e a longo prazo tem que se trabalhar a educação, principalmente junto as crianças e adolescentes que serão nossos futuros motoristas. Só assim iremos mudar essa cultura de comportamento no trânsito, que nos leva ao isolamento e ao estresse”, argumenta.

Também esteve presente no encontro realizado em Botucatu o empresário Márcio Nigro, fundador do site caronetas.com.br, no qual tem cadastrado gratuitamente cerca de 1.550 empresas e estimula que seus respectivos funcionários combinem caronas entre si. Para ele, esse tipo de ação gera melhorias ao que ele chama de “transporte individual privado”, além de gerar outras vantagens às pessoas e ao espaço urbano em que vivem.

“Partimos do pressuposto de que em um grupo de 30 a 40 carros, pelo menos um está indo para onde você também quer ir. Isso representa redução no custo do combustível e do nível de poluentes expelidos no ar, mais segurança, menos dor de cabeça para achar vagas de estacionamento e devido à tensão gerada no trânsito, e também representa uma solução de diminuição da demanda do transporte público”, afirma.

Wilza Castro, pedagoga da editora Fama, contou sobre a excelente experiência realizada em Botucatu através do “Se essa rua fosse minha”, que nos últimos três anos envolveu mais de 10 mil alunos do Ensino Fundamental do Município. O projeto trabalha nas salas de aulas de escolas públicas e particulares a conscientização para um trânsito mais seguro, através de materiais pedagógicos patrocinados pela Escola Nacional de Seguros (Funenseg).

“A mudança de comportamento tem que começar em casa e que a criança partilhe esses valores com a família. Se eu sou uma boa filha, uma boa mãe, por que também não posso ser exemplo de uma boa motorista ou pedestre? Esse é o objetivo deste projeto, que será implantado nas escolas do Estado daqui por diante”, comenta.

O secretário municipal de Mobilidade Urbana, Vicente Ferraudo, falou do orgulho de Botucatu abrigar este primeiro encontro sobre trânsito e transporte público, mas principalmente do desafio que as cidades em crescimento do interior paulista têm em torno do assunto. “Botucatu tem hoje aproximadamente 127 mil habitantes e pouco mais de 80 mil veículos cadastrados. Então nosso desafio é ouvir a população e criar alternativas para o trânsito, mas investindo sempre na educação dos motoristas e pedestres. Por isso acreditamos nos projetos ‘Carona Solidária’, ‘Se essa rua fosse minha’ e na nossa recém-inaugurada Escolinha de Trânsito”, frisa.

Serviço
Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana
Rua Antonio Bernardo, nº 45 – Lavapés
Sites de interesse: semutran.botucatu.sp.gov.br / www.caronetas.com.br / www.abramet.com.br / www.seessarua.com.br
Telefone: 156 / 3813-3515











   
Voltar



2018 - SEMUTRAN - Secretaria de Mobilidade Urbana
Rua Amando de Barros, nº 2741 - Bairro Lavapés - Botucatu / SP - CEP: 18.602-150